Fenómeno de crescimento e participação! Agora não podemos parar!

Imagem
Mais de dois Milhões de membros! Um Universo que não pára de crescer e de se diversificar!
Chegados aqui... Temos de ir em frente!
E encontrar formas de corresponder ao interesse e ao entusiasmo desta multidão de rostos.

Por isso, estamos a lançar uma página nova.
Que assume com orgulho o nome de Descobrir Portugal - que fizemos, construímos e consolidámos ao longo destes dois anos no Facebook.
Até conseguirmos ter connosco mais de um MILHÃO de membros, espalhados por todos os cantos da Língua Portuguesa.

Do ala que se faz tarde! conservamos as memórias e os afectos de um blog que, neste curto período, registou mais de 6,5 milhões de visitas. Mas está na altura de iniciar uma nova caminhada fazendo apelo a novos recursos e potencialidades.

• E aí está owww.descobrirportugal.pt.Que quer continuar a contar com o vosso apoio e a vossa divulgação!


Aquilo que parecia uma brincadeira e um passatempo... tornou-se coisa séria. Precisamos agora de apoios e de suportes que garantam continuação, a…

"Promete, jura" - Mariza no álbum "Fado Tradicional"


Estás a pensar em mim, promete, jura, cantava Mariza no fado que integrou o álbum Fado Tradicional, lançado em 2010.

Aí, o poema de Maria João Dâmaso e Sérgio Dâmaso encontra-se com a música do bem antigo Fado Sérgio.

Era o regresso de Mariza às sonoridades do fado clássico. Neste que foi o seu 5º álbum de estúdio.


Estás a pensar em mim, promete, jura
Se sentes como eu o vento a soluçar
As verdades mais certas mais impuras
Que as nossas bocas têm p'ra contar

Se sentes lá fora a chuva estremecida
Como o desenlaçar duma aventura
Que pode ou não ficar por toda a vida
Diz que sentes como eu, promete, jura

Se sentes este fogo que te queima
Se sentes o meu corpo em tempestade
Luta por mim amor, arrisca, teima
Abraça este desejo que me invade

Se sentes meu amor, o que eu não disse
Além de tudo o mais do que disseste
É que não houve verso que eu sentisse
Aquilo que eu te dei e tu me deste

Se sentes lá fora a chuva estremecida
Como o desenlaçar duma aventura
Que pode ou não ficar por toda a vida
Diz que sentes como eu, promete, jura



Não perca:

Ò Gente da Minha Terra
Alma
Paixão
https://www.facebook.com/cafportugal/videos/10152318013482541/
http://absolutoportugal.blogspot.pt/2015/11/mariza-alma-do-novo-mundo.html
http://absolutoportugal.blogspot.pt/2015/11/mariza-alma-do-novo-mundo.html
O tempo não para!
Beijo de Saudade
http://absolutoportugal.blogspot.pt/2015/12/mariza-o-tempo-nao-para.html
http://absolutoportugal.blogspot.pt/2016/06/beijo-de-saudade-mariza-e-tito-paris.html

Muita gente está a ler também:

Marvão: lá do alto, horizontes imensos de encher peito e alma!

Ele há cada mistério...