Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2016

Fenómeno de crescimento e participação! Agora não podemos parar!

Imagem
Mais de dois Milhões de membros! Um Universo que não pára de crescer e de se diversificar!
Chegados aqui... Temos de ir em frente!
E encontrar formas de corresponder ao interesse e ao entusiasmo desta multidão de rostos.

Por isso, estamos a lançar uma página nova.
Que assume com orgulho o nome de Descobrir Portugal - que fizemos, construímos e consolidámos ao longo destes dois anos no Facebook.
Até conseguirmos ter connosco mais de um MILHÃO de membros, espalhados por todos os cantos da Língua Portuguesa.

Do ala que se faz tarde! conservamos as memórias e os afectos de um blog que, neste curto período, registou mais de 6,5 milhões de visitas. Mas está na altura de iniciar uma nova caminhada fazendo apelo a novos recursos e potencialidades.

• E aí está owww.descobrirportugal.pt.Que quer continuar a contar com o vosso apoio e a vossa divulgação!


Aquilo que parecia uma brincadeira e um passatempo... tornou-se coisa séria. Precisamos agora de apoios e de suportes que garantam continuação, a…

Lisboa, quase Rossio: A Kantina nas Chaminés do Palácio

Imagem
Anda a passear pela Baixa de Lisboa. Resolveu espreitar umas montras no Rossio. Ou sentar-se apenas a fruir ambiente, cor e bulíçio...
Que diria a um almoço num palácio, logo ali? No ponta da Praça, ao lado do Dona Maria, bem defronte da Ginginha... 

Já se chamou Palácio do Roccio e Palácio de São Domingos (a igreja é logo ali...). Mas, como foi o local que albergou a Reunião dos Conjurados que derrubaram o traidor Miguel de Vasconcelos e haviam de expulsar a Duquesa de Mântua e outros apaniguados dos Filipes de Castela, acabaria por receber o nome de Palácio da Independência.
Pois... foi aí que me desafiaram para um jantar!

Fiquei desconfiado: já conheci tantos usos para aquelas paredes e salas que nunca ousei suspeitar-lhe virtudes refeiçoeiras. Conquistou-me a ideia de um jantar nas Chaminés do Palácio, que conhecia de outras andanças. Altas e largas o suficiente para cada uma delas albergar na base uma saleta de comedorias.

Vim a descobrir depois que Chaminés do Palácio era a desi…

Em Maio, da Arrábida até Sesimbra... O cinema enche-se de mar!

Imagem
Chega em Maio mais uma edição do Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival.

Apresenta-se com a vertente de concurso de Filmes de Promoção Turística mas  tem vindo a alargar e aprofundar estratégias para conseguir que a Costa de Sesimbra, a Arrábida e o Cabo Espichel se tornem cada vez mais cenários de rodagem de filmes.

O que nós promovemos é a forma de atrair mais cineastas, produtores e jornalistas de cinema e turismo para esta região, diz Carlos Sargedas o director do Festival. E acena com argumentos que, segundo ele, confirmam correcção e eficácia deste posicionamento.

Existem dados e estudos que comprovam o grande impacto e aumento do fluxo turistico a locais que serviram de cenário a grandes produções cinematográficas, escreve-se na Página do Festival na Net.

Nesta área, a aposta assenta na continuação do trabalho de promoção destes locais para grandes produções cinematográficas, mostrando ao mundo o "nosso" potencial turístico,  fortalecendo a imagem inter…

Estranho... Andarão a comprar gostos?

Imagem
Vocês não vão acreditar... Mas esta foi uma das fotografias mais aplaudidas nas nossas Páginas e Grupos.
Já olhámos para ela diversas vezes e... não conseguimos perceber a razão de tal movimentação!
Os membros do Descobrir Portugal andam a ficar muito bucólicos. Quase... campestres!

O que explicará a overdose de gostos nesta imagem?

Não haverá mais nada em Bragança que justifique esta movimentação? Apenas aquela calçada empedrada, na Cidadela, com vasinhos e flores?
Francamente...

Qual terá sido o truque que o Pedro Vazão de Almeida usou para pôr toda esta gente a gostar da fotografia dele?
Isto é suspeito. Oh lá se é!


• Para ampliar,
contemplar a fotografia original e ficar de água na boca... Clique na imagem!



► Muitos milhares de fotografias,dos membrosdo Descobrir PORTUGAL.
À sua espera!

    • Visite!


    • Descubra!


    • Deslumbre-se!


    • Partilhe!

Crescimento explosivo... Foram vocês!

Imagem
Vício de passear paisagens, vontades, gostos, músicas, angústias, afectos, projectos, saudades...e tudo o mais de que se fazem as vidas das gentes e do povo que somos!

Porque há PAÍS e ROSTOS para mergulhar descobrir e... saborear!
Todas as enseadas e horizontes.
Entre cores e sentimentos... sonhos, sons, sabores e saberes! 

É bom. Mas continuamos a ser poucos...Para ganhar maior eficácia de difusão das coisas portuguesas, precisamos de ir mais longe, de trazer mais gente.Convidem! Desafiem! Contem aos vossos amigos!

E ainda dizem que "o crime não compensa"...!

Imagem
Acham aceitável que um dos maiores grupos editoriais portugueses tenha optado, pura e simplesmente, por piratear a designação Descobrir PORTUGAL (um título
nosso, registado como Marca Europeia)?Este é um pequeno exercício de interrogação dirigido 2 Milhões que (no universo da Língua Portuguesa) nos seguem nas redes sociais. E também aos mais de 16 Mil que diariamente nos lêem aqui no blogue.
Do alto do seu estatuto de grande empresa com posição dominante no mercado, agindo de forma perfeitamente totalitária, não passou cavaco a ninguém e a seu bel prazer fez tábua rasa de direitos legalmente constituído e reconhecidos por entidade internacional competente. Vai daí, desatou a publicar livros, ebooks e outros materiais de apoio sob a designação genérica Descobrir Portugal.

Quando pedimos explicações, enviaram-nos uma carta (pobre, sem argumentos e mal redigida) que pretendia ser o parecer do advogado a quem tinham pago para os defender.

Como o causídico não tinha lido com atenção, vie…

Ameaça de invasão na Baixa lisboeta. Todos mascarados!

Imagem
De 5 a 8 de Maio, Lisboa vai andar de máscara, dizem os os promotores do Festival Internacional da Máscara Ibérica: a PROGESTUR - Associação para o Desenvolvimento do Turismo Cultural, em parceria com a EGEAC - Empresa de gestão de equipamentos e animação cultural de Lisboa/Câmara Municipal de Lisboa.

Quatro dias de grande diversidade cultural, tropelias e brincadeiras dos caretos e mascarados, com as suas impressionantes, coloridas e criativas vestimentas.

O ponto alto desta iniciativa, apresentada como o maior evento de Turismo Cultural que se realiza em Portugal, será o Grande Desfile Máscara Ibérica (sábado, dia 7) da Praça do Município para o Rossio, a partir das 16h30. Raramente vistos fora dos seus contextos de origem, 30 grupos (de Portugal, Espanha e um de fora da Península Ibérica) vão reviver na rua a tradição pagã dos rituais da máscaras. Mais de 500 participantes no total.


Quatro dias de grande festa, prometem os organizadores. E ameaçam transformar o Rossio numa Mostra …

No alto de Avis, campos de Alentejo à mercê de um olhar e de uma reflexão...

Imagem
Já há uns tempos que não passamos por Avis: Imperdoável e injustificado!

Numa da vezes que por lá andámos, foi com pretexto da intervenção no Café Com Letras, uma tertúlia organizada pelos  Amigos do Concelho de Avis - Associação Cultural, com o apoio do Município de Avis.

No nosso caso, o tema não poderia ter sido outro... e fomos mesmo para abordar as questões da presença e da visibilidade de um concelho como aquele, nas rotas  da chamada Grande Informação - que normalmente ignora a vida que se faz (e se aposta) fora dos grandes centros!
Prometemos voltar lá um dia destes. Já estamos com saudades....

Regresso ao Interior

Na quinta feira (dia 21), Avis vai conversar um tema de grande actualidade e que está no centro das preocupações de muitas terras: a urgência da discussão sobre o Interior do país e a sua valorização. Um debate relançado em Janeiro pelo próprio Conselho de Ministros.

A Associação Cultural de Avis desafiou uma jovem professora que decidiu regressar à sua terra (Alter…

Mau tempo não permite avião? Vá à Madeira de táxi!

Imagem
Já se pode ir de Porto Santo para a Madeira de táxi?
Quando falha o avião,  basta apanhar um no aeroporto?

Não sabíamos. Completamente desactualizados...
As vezes que por lá passámos só demos conta daquelas caranguejolas voadoras ou do barco que, servindo para levar automóveis, também não diz que não a uns passageiros...

O Governo Regional terá sido avisado? Ou aqueles transportes de táxi serão tão ilegais como os que têm custado a vida aos nossos emigrantes por essa Europa fora?

A história vem estampada nas páginas electrónicas do Notícias ao Minuto:


E fizeram muito bem. Porque não nos parece muito saudável e avisada essa travessia inter-ilhas de... automóvel!

Precisamos de si! Merecemos o seu apoio

Imagem
• Vício de passear paisagens, vontades, gostos, músicas, angústias, afectos, projectos, saudades... e tudo o mais de que se fazem as vidas das gentes e do povo que somos!
• Porque há PAÍS e ROSTOS para mergulhar descobrir e... saborear!
• Todas as enseadas e horizontes.
• Entre cores e sentimentos... sonhos, sons, sabores e saberes! •

Nos dia 25 completamos os primeiros 7 meses de vida. Até lá, teremos ultrapassado as 400 mil visitas!
É bom.
Mas continuamos a ser poucos...

Para ganhar maior eficácia de difusão das coisas portuguesas, precisamos de ir mais longe, de trazer mais gente.

Junte-se a esta Roda de Amigos, venha seguir este Blog.

É facil! Basta clicar na imagem aí ao lado.

E passar palavra. E trazer amigos!

Não se queixem: Aproveitem! Um dia destes...

Imagem
Chateados porquê?

Já o antigo ditado popular dizia:
Abril, águas mil!
Saber de séculos...

Essa coisa do Abril em Portugal só foi inventada "no tempo da outra senhora" para "endrominar" os turistas.

Não foi inventada forma de conseguir que a água, que rega campos e fornece caudal aos rios para nos saciar a sede, evite... molhar as cidades!!!
Ainda bem. Já temos alterações climáticas que cheguem...!

Guerra por causa de sexo? Deixem-se disso, comam uma fatia!

Imagem
A Sericaia, dizem os de Elvas.
O Sericá dizem os de Vila Viçosa.

Doce conventual, dizem os de Elvas.
Doce da corte, dizem os de Vila Viçosa.

Terá origem no Convento das Chagas de Vila Viçosa? Será de Elvas (Convento de Nossa Senhora da Conceição ou de Santa Clara)? Poderá ter vindo das Índias?E o acompanhamento com Ameixas d’Elvas? Gulosos como somos, não vamos agora perder tempo com discussões acerca do sexo, do nome ou das origens: Guardamos as interrogações para mais tarde.
E não pense que se livra de aprender a fazer. Sim, porque a receita está aqui.
Pode começar a treinar...

Entretanto vá espreitando segredos de confecção. Que nos chegam através da MemóriaMédia. Com mãos e artes da Pastelaria Canhão, em Elvas.



Tantas receitas de experimentar e saborear...


(clique no nome do prato. Será encaminhado/a para a receita)
Caldo Verde (Vale do rio Minho)Arroz de Lampreia (Montemor-o-Velho)Butelo com Cascas - ou Casulas (Trás-os-Montes)Bucho Raiano (Sabugal)Peixes de rio e engu…

Blogovin

Imagem

E o Funchal se fez em flor...

Todos os anos, no princípio de Abril, é tempo de festejar a Flor na Ilha da Madeira.
E os cortejos derramam-se pela ruas do Funchal...

Imagens de passear a "Festa da Flor" no Funchal, ilha da Madeira.
Publicado por Descobrir PORTUGAL em Sábado, 9 de Abril de 2016

Anda a comer gato por lebre?

Imagem
Quase diariamente, os telejornais têm feito eco do descontentamento do mundo agrícola em relação à crise e ao avolumar das dificuldades de sobrevivência dos produtores de carne ou de leite.

Se as dificuldades já eram expectáveis face ao termo dos subsídios à produção, viram-se acentuadas com o embargo da Rússia às importações provenientes da Comunidade Europeia.

Sabe-se que a atitude dos russos foi resposta às sanções decretadas pela Europa na sequência dos acontecimentos na Crimeia. E se são compreensíveis as sanções, já ninguém perceberá porque razão não é a Comunidade a assumir os custos das suas decisões políticas: Queria impor sanções... muito bem! Mas deveria ter encontrado forma de compensar os agricultores pelos prejuízos decorrentes da postura que decidiram e assumiram.

A difícil situação da lavoura portuguesa não deriva apenas do encerramento do mercado a Leste. Uma boa parte das dificuldades que enfrenta tem a ver com o modo como, muitos dos produtos disponíveis nas grandes…

Do Minho para a sua mesa... Caldo Verde!

Imagem
Haverá alguém em Portugal que nunca tenha provado um caldo verde? Não entramos nessa de partir em busca do "Prato Nacional"... Mas que este tem notoriedade, apreciadores, cultores e conhecedores pelo país todo, isso nem se discute!

De origem minhota, a sua fama e modo de confecção conquistaram o país todo. Preparado com um caldo feito de cebola e alho e batatas esmagadas a que se junta a couve-galega cortada em ripinhas muito finas. Rega-se depois com um fio de azeite, deixando levantar fervura.

Por certo já o terá feito ou servido. Mas, mesmo assim, desafiamos para este: À moda das terras do vale do Rio Minho.

Tantas receitas de experimentar e saborear...


(clique no nome do prato. Será encaminhado/a para a receita)Arroz de Lampreia (Montemor-o-Velho)Butelo com Cascas - ou Casulas (Trás-os-Montes)Bucho Raiano (Sabugal)Peixes de rio e enguias fritas (Baixo Mondego)Pasteis de VouzelaSericá/Sericaia (Alentejo)Milhos Ricos (Ribeira de Pena)Sopa de Feijão-F…
<a href="http://www.bloglovin.com/blog/14829425/?claim=y8ycaga8qzr">Follow my blog with Bloglovin</a>

"Mar de Sines" - Espreite o documentário que estreia a 24

Imagem
100 entrevistas, 250 horas de gravações e todo aquele mar pela frente. Apenas... um documentário!

Urdido com testemunhos de três gerações de pescadores. Daqueles que conhecem bem o mar do sudoeste português. Os mais velhos nem precisavam de instrumentos de navegação: orientavam-se pelas pedras, pelos relevos e desenho da costa, pelas marcas no alto das falésias, pelos focos dos faróis.

O que o mar oferece e o que o mar reclama. Os encantos do mar... mas também a dureza das realidades que transporta.
Na origem deste filme o porto de pesca. Ambição de tantos anos, com promessas do tempo da outra senhora celebradas em repasto de vaca quando Marcelo - o do Antigo Regime - lhes prometeu um.
Balela para disfarçar a chegada do Porto Oceânico e do Terminal Petrolífero. Não se sabe quem terá pago o bicho sacrificado na festa de celebração. Mas sabe-se que os pescadores de Sines tiveram ainda de passar por muitos anos de esperas e lutas para conseguir lugar seguro para acostar os barcos do seu …

Mar ataca em Lisboa: a inundar a Praça do Comércio!

Imagem
Descansem que não falamos de alterações climáticas ou da subida do nível das águas do mar: Aqui a cheia tem data marcada de início e de encerramento! O rio, esse, vai manter serenidade e sossego na tranquilidade da etapa última caminho da foz. Que é logo mais além, quase ao alcance de um olhar.
Tudo conforme o previsto! Não vai faltar peixe... sem que seja preciso meter pernas à faina ou alar redes. Bastarão desejos e apetites, vontades de experimentação, apego a sabores tradicionais e abertura ao que de novo transportam as tendência destes tempos. Quase chega a qualidade dos bichos, espicaçada e celebrada pela arte dos mestres de corte, confecção e combinação de espécies e aromas. O mais... é apenas uma questão mão, palato, engenho e capacidade inventiva, somados a uma boa dose de técnica e conhecimento das matérias primas.
No fim, só vai restar a difícil e espinhosa arte de... saborear, conviver e celebrar!
E, claro, uma pitadinha de ganas de festa: nada como remexer tudo com uns ac…

Documentário português triunfa em Hollywood

Imagem
Cabo Espichel - Em terras de um Mundo perdido, arrebata Award of Excellence e triunfa na categoria de Foreign Documentary Feature do Hollywood International Independent Documentary Awards.

Carlos Sargedas,(director do Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival) que realizou e produziu este documentário, reagia a esta distinção internacional através da sua página do Facebook:
Depois de ter ficado muito satisfeito por o meu documentário ter entrado na selecção Oficial do Festival em Hollywood, porque o filme iria passar no festival em Los Angeles, recebo a noticia que o filme é um dos vencedores do Festival e o 1ª Classificado na Categoria.
Assim em Junho lá estarei para receber o Prémio e principalmente divulgar Sesimbra e o Cabo Espichel numa das principais capitais de cinema do Mundo. Não percam! Espreitem o Teaser do filme: 



Documentário sobre o Cabo Espichel:
• Produção: Carlos Sargedas • Produção Executiva : StarFilms
• Coordenação do projecto: Luis Ferreira, Paulo de Sá Caeta…

Saudades das carpas de Juromenha ou das caldeiradas do Pomarão...

Imagem
Se os rios correm para o mar… Guadiana atrasa passo em Alqueva, como se esperasse pelo Degebe.

Nas calmarias do Verão, lento e sereno, o fio de água em que se convertia o Guadiana. Quase raso, ali defronte do Castelo de Juromenha… com a margem de Olivença ao alcance de uma passagem a vau.

Mesmo com pouca água, o rio valia a contemplação. Mais que não fosse, para esquecer as águas fétidas que corriam a montante, por baixo das pontes de Badajoz.

Já em Portugal, vinham em seu socorro outras - bem mais cristalinas - com os que os rios do lado de cá lhe aumentavam o caudal e devolviam ares de curso de água vivo. Que, em direcção à Foz, ia refrescando margens e recuperando o movimento de peixes.

E, se é certo que no Pulo do Lobo quase desaparecia no Verão, chegado a Mértola convidava para todos os mergulhos. Mais a baixo, voltava a ser navegável… com aquele lago que une Alcoutim a Sanlúcar e a descida magnífica até Vila Real de Santo António.

Podem dizer à vontade que o peixe de rio tem muita…