Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2015

Fenómeno de crescimento e participação! Agora não podemos parar!

Imagem
Mais de dois Milhões de membros! Um Universo que não pára de crescer e de se diversificar!
Chegados aqui... Temos de ir em frente!
E encontrar formas de corresponder ao interesse e ao entusiasmo desta multidão de rostos.

Por isso, estamos a lançar uma página nova.
Que assume com orgulho o nome de Descobrir Portugal - que fizemos, construímos e consolidámos ao longo destes dois anos no Facebook.
Até conseguirmos ter connosco mais de um MILHÃO de membros, espalhados por todos os cantos da Língua Portuguesa.

Do ala que se faz tarde! conservamos as memórias e os afectos de um blog que, neste curto período, registou mais de 6,5 milhões de visitas. Mas está na altura de iniciar uma nova caminhada fazendo apelo a novos recursos e potencialidades.

• E aí está owww.descobrirportugal.pt.Que quer continuar a contar com o vosso apoio e a vossa divulgação!


Aquilo que parecia uma brincadeira e um passatempo... tornou-se coisa séria. Precisamos agora de apoios e de suportes que garantam continuação, a…

Uma vindima de azulejos

Imagem
Quase na borda de água, ali onde o Douro vê as suas águas acrescentadas com o caudal do Pinhão - que deu nome à localidade e à estação do caminho de ferro.

Vaidosa dos  azulejos que levam até lá milhares para observar e fotografar. Em tons de azul, da autoria de J. Oliveira, encomendados à fábrica Aleluia, de Aveiro, em 1937.

Está no centro da região demarcada do Vinho do Porto e é aí que estão localizadas as mais famosas Quintas produtoras daquele néctar. Por isso, os 24 painéis de azulejos retratam paisagens durienses e aspectos das vindimas.

Vale a pena saborear as fotografias de Antunes Amor. Basta clicar nas imagens para ampliar!

Os azulejos da estação do Pinhão contam Douro, socalcos, vinhas, vindimas...

E celebram a epopeia do Homem...
Que derreteu xisto e
moldou encostas.

G. Cantares de Fornelo do Monte • "Ora vem comigo"

Imagem
Ai eu sou filha de um pobre marinheiro,
a minha casa é praia do mar...

- cantam as vozes do Grupo de Cantares do Rancho Folclórico de Fornelo do Monte (Vouzela) neste Ora vem comigo.


• Gravação: 28 de Março de 2015 • Realização: Tiago Pereira  • Som: Telma Morna •De MPAGDP

Estamos quites! Só contamos com vocês!

Imagem
Se eles não sabem quem somos... porque haveríamos de os conhecer?

Os senhores do Instituto de Promoção Turística nunca repararam na existência do Descobrir PORTUGAL (mais de um milhão de membros) ou do Café PORTUGAL. Claro que nem suspeitam o trabalho de divulgação e de promoção do país TODO que, de forma tão partilhada e participada, acontece nestas Páginas e nos Grupos a elas associados.

É bem feito! Estão certos! Nós também não sabemos se eles existem...!

Preferimos o calor, o carinho e o apoio dos muitos milhares com que nos cruzamos todos os dias nestes encontros e conversas nas redes sociais.


Obrigado!

Queremos continuar a contar convosco!
Precisamos de todos para ir mais longe, de forma ainda mais activa e actuante.

Há muito país para Cantar, Passear e Saborear!
Nós gostamos. E já percebemos que vocês... também!

Uma boa semana para todos vocês!

A semana está aí...novinha em folha! Para a escreverem com os vossos desejos e vontades.Este "Olá como estão?",...Publicado por Descobrir PORTUGAL em Segunda-feira, 30 de Novembro de 2015

Podia ter sido pior...

Imagem
Os membros do Descobrir PORTUGAL fazem cada escolha...

Não é que desataram a gostar e a partilhar esta fotografia.
Que terão eles visto de especial nela? Só porque é de Coimbra? Ou porque me queriam atormentar com recordações?
Conheço bem este espaço.
Realizei aqui duas emissões em directo (2 horas cada) para a RDP - Antena 1:

Café Portugal - na esplanada do Café Santa Cruz • Feira Franca - no patamar à esquerda da Igreja
Bem vistas as coisas...
A culpa terá sido de José Verissimo,
a pretexto de fotografar a Igreja de Santa Cruz.




• Para ampliar,
contemplar a fotografia original e ficar de água na boca... Clique na imagem!




► Muitos milhares de fotografias,dos membrosdo Descobrir PORTUGAL.
À sua espera!

    • Visite!


    • Descubra!


    • Deslumbre-se!


    • Partilhe!

Um domingo de passeio e descoberta!

É com este lindíssimo timelapse do Paulo Ferreira que vos desejamos um bom domingo.Se der para isso, passeiem,...Publicado por Descobrir PORTUGAL em Domingo, 29 de Novembro de 2015

Veio do Ribatejo, acabou algarvio!

Imagem
As migrações internas influenciaram de forma decisiva as manifestações da cultura popular. E o fado, que como dança se pode atribuir à região das Beiras e ao Ribatejo, acaba por surgir no Algarve.

No início do Século XX, grupos do Algarve iam em busca de trabalho nas mondas e ceifas do Alentejo. Do encontro com outras gentes resultaram trocas culturais. Por lá ficaram bailes de roda algarvios e corridinhos. Mas outras músicas viajaram para sul.
O Fado do Espinho, recolhida na Freguesia da Luz, tem origem no Ribatejo. Vejam-no dançado pelo Rancho Folclórico da Luz de Tavira

Para uma melhor visualização
accione o comando HD (na parte de baixo do vídeo)

• Gravaçâo: 1/02/2014, Quinta do Pinheiro, Luz, Tavira
• Realização: Tiago Pereira • Som: Sofia Matias • Assistente: Verónica Afonso
►Vídeo de: A Dança Portuguesa A Gostar Dela Própria

Um bando de vozes e sorrisos

• Celebrações várias do Cante Alentejano, a propósito do aniversário da declaração como Património da Humanidade ►...Publicado por Descobrir PORTUGAL em Sábado, 28 de Novembro de 2015

A Ribeira Lima

Imagem
Na beira Lima que os poetas cantaram. Na sombra dos plátanos. Na avenida a que deram nome. Nas cores do Outono. Em Ponte de Lima!

E não dizemos mais nada sobre esta imagem: Os milhares que dela gostaram e a comentaram... já disseram tudo.


Apenas relembrar o nome do autor:  João Caniggia



• Para ampliar,
contemplar a fotografia original e ficar de água na boca... Clique na imagem!




► Muitos milhares de fotografias,dos membrosdo Descobrir PORTUGAL.
À sua espera!

    • Visite!


    • Descubra!


    • Deslumbre-se!


    • Partilhe!

Almada Negreiros com ecos de mármore...

► Muitos motivos tornam obrigatória a visita. No primeiro andar, a sala impressiona: • Pela acústica (eco duplo);• Pelo mármore que não acusa a passagem do tempo;• Pelos painéis de Almada Negreiros.Publicado por Descobrir PORTUGAL em Quinta-feira, 26 de Novembro de 2015

Não acredito!

Imagem
Nos meus sessenta e tal anos de vida e uns 40 de profissão... pensava que já tinha visto quase tudo.Enganei-me. Faltava-me a 1ª página do Correio da Manhã, na edição de hoje.

Não acredito! Não comento! Não adjectivo como me apeteceria!
Reproduzo apenas para que cada um construa a sua própria opinião.



• O que pensará disto o agora ministro Azeredo Lopes que foi presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC)?
• O que pensará disto Carlos Magno, o actual presidente?

• O que pensarão disto aqueles que nos lêem?




À guisa de justificação para o título, a palavra integração.
Que, por qualquer esquecimento, não figura na edição online.
Coisas...!

Camané - "Ai, Margarida"

Imagem
Ai, Margarida,
Se eu te desse a minha vida,
Que farias tu com ela? (...)

O piano assume protagonismo neste fado de Camané.
Ou não fosse a música de Mário Laginha...

Com poema de Álvaro de Campos (Fernando Pessoa),  Ai, Margarida surgiu como um dos inéditos que integraram a compilação O Melhor 1995-2013.


Ai, Margarida,
Se eu te desse a minha vida,
Que farias tu com ela?
-Tirava os brincos do prego,
Casava c'um homem cego
E ia morar para a Estrela.

Mas, Margarida,
Se eu te desse a minha vida,
Que diria a tua mãe?
- (Ela conhece-me a fundo.)
Que há muito parvo no mundo,
E que eras parvo também.

E, Margarida,
Se eu te desse a minha vida
No sentido de morrer?
-Eu iria ao teu enterro,
Mas achava que era um erro
Querer amar sem viver.

Se este dar-te a minha vida
Não fosse senão poesia?
-Então, filho, nada feito.
Fica tudo sem efeito.
Nesta casa não se fia.

Ai, Margarida Sei de um Rio Se estou só, quero não estar Acordem as Guitarras

Apeteceu esta canção do Zeca...

Vá-se lá saber porquê... mas hoje apeteceu esta canção de José Afonso! :)Para vos desejar um bom dia, Cheio de força e...Publicado por Descobrir PORTUGAL em Quarta-feira, 25 de Novembro de 2015

Album de estreia de Filipa Carvalho

E que tal uma música?► Do álbum de estreia de Filipa Carvalho, "Meu Amigo está Longe".Poema de Ary dos Santos, música de Alan Oulman.Publicado por Descobrir PORTUGAL em Terça-feira, 24 de Novembro de 2015

Vem aí um fim de semana de... Saborear!

De quinta a domingo, no Parque de Feiras e Exposições de Estremoz, está a "Cozinha dos Ganhões". Não perca a...Publicado por Saborear em Terça-feira, 24 de Novembro de 2015

Lembrar Michel Giacometti!

• Há 25 anos Michel Giacometti deixava o nosso convívio.Vivas permanecem lembranças do homem e do trabalho imenso que...Publicado por Descobrir PORTUGAL em Terça-feira, 24 de Novembro de 2015

Até nós éramos capazes!

Imagem
Com uma paisagem destas... até nós éramos fotógrafos!

Está tudo lá: o espelho de água, o declive das encostas que quase mergulham, as casas ladeira abaixo, um luxuriante manto de arvoredo, um céu imponente...
Ao fotógrafo basta carregar no botão. E está feito!
Nada de especial...

Claro que estamos a brincar.
Esta imagem do Gerês, da autoria do Gonçalo Capitão, é magnífica!

Apetece voar sobre a paisagem...


• Para ampliar,
contemplar a fotografia original e ficar de água na boca... Clique na imagem!



► Muitos milhares de fotografias,dos membrosdo Descobrir PORTUGAL.
À sua espera!

    • Visite!


    • Descubra!


    • Deslumbre-se!


    • Partilhe!

Bolo de Cornos? 24 horas!

BOLO DE CORNOS (Mortágua) ► Ingredientes:• 3 kg farinha trigo • 1 kg açúcar • 1 copo de leite • 250 g de banha (ou...Publicado por Saborear em Segunda-feira, 23 de Novembro de 2015

De pacificar as almas e serenar os espíritos...

E dar-vos os bons dias com estas lindíssimas imagens das Flores e do Corvo? De pacificar as almas e serenar os espí...
Publicado por Descobrir PORTUGAL em Segunda-feira, 23 de Novembro de 2015

13 vídeos ► CANTE Património da Humanidade

Imagem
• Intangible Cultural Heritage of Humanity • Patrimoine Culturel Immatériel de l’Humanité • Patrimonio Cultural Inmaterial de la Humanidad • Património Cultural Imaterial da Humanidade •
Foi há um ano.

O Descobrir Portugal e o Café Portugalestiveram na 1ª linha da difusão da Campanha pela Declaração do Cante como Património da Humanidade.
 Todos os nossos recursos foram postos ao serviço desta causa.
Vale a pena recordar e.. saborear!

• Trazemos-lhe os vídeos, as modas, os momentos.
• Para rever! • Para divulgar!
Fossem quais fossem os resultados da votação a candidatura já tinha ganho ►
• pelo interesse público que despertou;
• pela mobilização e envolvimento que desencadeou;
• pela gente nova que despertou e motivou;
• pelo justo orgulho que devolveu aos milhares de vozes que sentem e fazem tão original e diferente modo de canto colectivo, de convívio e de festa. Depois de tanto trabalho e empenhamento, a celebração havia de começar logo em Paris! É tão grande o Alentejo. o quas…