Fenómeno de crescimento e participação! Agora não podemos parar!

Imagem
Mais de dois Milhões de membros! Um Universo que não pára de crescer e de se diversificar!
Chegados aqui... Temos de ir em frente!
E encontrar formas de corresponder ao interesse e ao entusiasmo desta multidão de rostos.

Por isso, estamos a lançar uma página nova.
Que assume com orgulho o nome de Descobrir Portugal - que fizemos, construímos e consolidámos ao longo destes dois anos no Facebook.
Até conseguirmos ter connosco mais de um MILHÃO de membros, espalhados por todos os cantos da Língua Portuguesa.

Do ala que se faz tarde! conservamos as memórias e os afectos de um blog que, neste curto período, registou mais de 6,5 milhões de visitas. Mas está na altura de iniciar uma nova caminhada fazendo apelo a novos recursos e potencialidades.

• E aí está owww.descobrirportugal.pt.Que quer continuar a contar com o vosso apoio e a vossa divulgação!


Aquilo que parecia uma brincadeira e um passatempo... tornou-se coisa séria. Precisamos agora de apoios e de suportes que garantam continuação, a…

Em Isna, votam todos!

Quando tanto se fala do aumento da abstenção, o Jornal Tornado desvenda "um lugar onde as gentes percorrem veredas e asfalto velho para votar": Isna, ali para as bandas de Castelo Branco.
O dia da votação foi de intensa movimentação para levar toda a gente às mesas de voto. :)

http://www.jornaltornado.pt/todos-votam-custe-o-que-custar
Todos votam, custe o que custar
Texto: João Vasco Almeida · 5 Outubro, 2015

No meio do país há um lugar onde as gentes percorrem veredas e asfalto velho para votar, por muito que chova ou seja longe a urna. Viagem a um lugar onde o PSD ganhou com 73 por cento, há quatro anos.

Maria dos Anjos Gonçalves, 69 anos, não se atreve ainda a sair de casa com a bátega que cai em Isna, Oleiros, nesta manhã de quatro de Outubro. “Eles andam lá para a mesa de voto, o senhor presidente da Junta (...)" ► LER MAIS


Muita gente está a ler também:

Marvão: lá do alto, horizontes imensos de encher peito e alma!

Ele há cada mistério...