Figuras do Presépio invadem Monsaraz!

Imagem
Presépio gigante de rua, com figuras em tamanho real, regressa sexta-feira a Monsaraz.

Pelas 11 da manhã, nas Portas da Vila, o Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz abre a festa com os seus Cantos de Natal.
As Figuras do Presépio tomam conta de Monsaraz. E até aos Reis, a vila medieval é delas!

Delas (de quantos a habitam e gostam!) e dos muitos milhares que vão passar por lá para ver Natal dentro de muralhas com vistas d'Alqueva


Espraia-se pelas ruas da vila até ao Largo do Castelo. Aí ficará o conjunto principal: A Virgem, São José e o Menino Jesus.
As outras figuras (ao todo são 48) distribuem-se pelas ruas da vila.

Em tamanho natural, estruturas de ferro e rede, cobertas por panos de cor crua, pintadas em tons pastel, rosa velho e lilases.
Caras e mãos feitas em cerâmica.

Por lá vão estar os Reis Magos, o pastor, os guardas do castelo, o oleiro, o almocreve, a lavadeira e a fiadeira. E muito mais!
Tudo impermeabilizado e tratado para aguentar a chuva.
À noite, todas as figura…

Minho, Ribeira Lima, Ponte da Barca

Ele há videos que, apesar de instrumentos de divulgação e de promoção, sabe bem (e vale a pena!) saborear.

► No coração do Minho, na beira do Lima, Ponte da Barca.
• Captação de imagem, gravação e edição de Pedro Cerqueira.
• Em fundo, a música "Barca da Inspiração", de Zézé Fernandes.


• Ponte da Barca •
► No coração do Minho, na beira do Lima, Ponte da Barca.Este é um vídeo de divulgação que vale a pena saborear...• Captação de imagem, gravação e edição de Pedro Cerqueira (http://bit.ly/1axuJhb).• Em fundo, a música "Barca da Inspiração", de Zézé Fernandes.
Publicado por Descobrir PORTUGAL em Sexta-feira, 10 de Abril de 2015

Goije, Sampriz, Ponte da Barca, terreno de afectos e memórias. E de muitas férias escolares...

Setembro era de festas e romarias, feira às quartas (ora em Ponte da Barca, ora nos Arcos), prenúncio de castanhas, vindimas ou apanha do milho...

https://www.facebook.com/ruidiasjose/media_set?set=a.10151861945133996.1073741828.713138995&type=3A senhora, de preto vestida, era a minha avó: Teresa de Jesus Leitão, a Teresa do Ferreiro, como era conhecida.
A trabalhar, o meu tio Joaquim que - como 6 dos filhos da minha avó - deixara Sampriz na busca de um futuro. Só a Luísa ficou.
O sorriso radioso, ao lado da falta de jeito do miúdo dos calções, só podia ser da minha mãe.








Muita gente está a ler também:

Figuras do Presépio invadem Monsaraz!

Madredeus - "O Pastor"

"Carolina": O dueto magistral de Carminho com Chico Buarque