Fenómeno de crescimento e participação! Agora não podemos parar!

Imagem
Mais de dois Milhões de membros! Um Universo que não pára de crescer e de se diversificar!
Chegados aqui... Temos de ir em frente!
E encontrar formas de corresponder ao interesse e ao entusiasmo desta multidão de rostos.

Por isso, estamos a lançar uma página nova.
Que assume com orgulho o nome de Descobrir Portugal - que fizemos, construímos e consolidámos ao longo destes dois anos no Facebook.
Até conseguirmos ter connosco mais de um MILHÃO de membros, espalhados por todos os cantos da Língua Portuguesa.

Do ala que se faz tarde! conservamos as memórias e os afectos de um blog que, neste curto período, registou mais de 6,5 milhões de visitas. Mas está na altura de iniciar uma nova caminhada fazendo apelo a novos recursos e potencialidades.

• E aí está owww.descobrirportugal.pt.Que quer continuar a contar com o vosso apoio e a vossa divulgação!


Aquilo que parecia uma brincadeira e um passatempo... tornou-se coisa séria. Precisamos agora de apoios e de suportes que garantam continuação, a…

O melhor peixe do mundo vem de Portugal!

Sem papas na língua, a afirmação sai da boca de Nelson Carvalheiro.

Em inglês, a língua que usa para comunicar com o mundo todo que o lê, segue e observa.
Ele que foi declarado Travel Blogger 2014 para a Europa na feira de turismo de Madrid.

Profissional da hotelaria com carreira internacional, um dia decidiu passar à escrita de informações e experiências de viagem e muitas fotografias. É hoje um blogger de reconhecimento internacional. E o blogue que leva o seu nome afirmou-se como influente publicação de referência. Daí aos livros foi um salto. E o vídeo apareceu como desafio desta vontade de contar terras, pratos, roteiros de visita.

Vale a pena passear este elogio do peixe português.


Nelson Carvalheiro relembra que "a existência de condições favoráveis ​​de temperatura, luz, salinidade e oxigénio" determina "a existência de uma grande quantidade de plâncton para alimentar espécies" que habitam costa portuguesa. A isto se alia a "sabedoria dos pescadores que, ao longo das gerações, souberam preservar artes de pesca à linha e com redes tradicionais de pequeno porte".
"Uma forma delicada de apanhar o peixe" sublinha ele, para considerar que apenas é necessário carvão e sal português para desfrutar do sabor completo nosso peixe.

Mas... chega de conversa. Passemos ao vídeo!

Muita gente está a ler também:

Madredeus - "O Pastor"

"Carolina": O dueto magistral de Carminho com Chico Buarque

Madredeus - Ao longe o mar