Fenómeno de crescimento e participação! Agora não podemos parar!

Imagem
Mais de dois Milhões de membros! Um Universo que não pára de crescer e de se diversificar!
Chegados aqui... Temos de ir em frente!
E encontrar formas de corresponder ao interesse e ao entusiasmo desta multidão de rostos.

Por isso, estamos a lançar uma página nova.
Que assume com orgulho o nome de Descobrir Portugal - que fizemos, construímos e consolidámos ao longo destes dois anos no Facebook.
Até conseguirmos ter connosco mais de um MILHÃO de membros, espalhados por todos os cantos da Língua Portuguesa.

Do ala que se faz tarde! conservamos as memórias e os afectos de um blog que, neste curto período, registou mais de 6,5 milhões de visitas. Mas está na altura de iniciar uma nova caminhada fazendo apelo a novos recursos e potencialidades.

• E aí está owww.descobrirportugal.pt.Que quer continuar a contar com o vosso apoio e a vossa divulgação!


Aquilo que parecia uma brincadeira e um passatempo... tornou-se coisa séria. Precisamos agora de apoios e de suportes que garantam continuação, a…

Qual era o boneco que o fotógrafo queria fazer?

Um recanto da bela cidade de Serpa escreve José Valongueiro, o fotógrafo de serviço.
Bem... se a cidade é bela como diz, podia ter conseguido um recanto mais bonito... Ou então, ter inventado outro ângulo. Assim não dá!

Fica-se sem perceber se queria fotografar as casas - apanhou-as todas de viés! - ou se pretendia retratar o aqueduto... Com as casa à frente, ele quase nem se vê!!!
Se - vá se lá saber porquê - queria fotografar base, estrutura e arcos da antiga conduta... devia ter começado por chegar as casas para o lado e só depois fotografar.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1075203209208538&set=o.124331758934&type=3&theater 
Na verdade, também não se entende o que as casas estão lá a fazer: Porque pode sempre aparecer um fanático com fixação por pedras velhas (Freud explicaria!) e com aquele casario todo não consegue dar vazão às sua punções mais íntimas.

Assim como está, ficam imagens como esta... Metade arcos, metade paredes, janelas e telhados. Uma salganhada!

A Câmara Municipal, também, podia olhar por isso. Passam a vida a falar de turismo e esquecem que os veraneante gostam de regressar a casa com uns bonecos que provem que o passeio não foi virtual ou fruto da imaginação.


• Para ampliar, contemplar e ficar de água na boca, clique na imagem.


► Muitos milhares de fotografias, dos membros do Descobrir PORTUGAL. à sua espera!

https://www.facebook.com/absolutoportugal/photos_stream?tab=photos

    • Visite!


    • Descubra!


    • Deslumbre-se!


    • Partilhe!

Muita gente está a ler também:

Madredeus - "O Pastor"

"Carolina": O dueto magistral de Carminho com Chico Buarque

Madredeus - Ao longe o mar