Num triângulo de Ilhas, uma lenda de Açores. De rosto humano!

Imagem
Dou comigo a recordar aquele mestre do Terra Alta que - numa travessia das Velas para São Roque, já lá vão mais de 25 anos - me contava do Sr. Quaresma, de braço no ar, em cima do velho cais da Madalena.
Em dias de temporal, contando as ondas... para marcar o momento seguro de entrada do barco.

Clique para se deslumbrar! ►

Naquele triângulo de ilhas, o barco era tudo: Viu nascer as crianças (mais impacientes!) que não aguardaram até ao hospital da ilha em frente... foi viatura de funeral ou ambulância.
Muitas histórias de amor se teceram à distância, vertidas nas cartas confiadas a João Quaresma para que as encaminhasse para os amores ausentes.
Ou os açafates da comida e as encomendas que os pais mandavam para os miúdos da Ilha Montanha que tinham ido estudar para a Horta. Do lado de lá. o Gilberto das Lanchas, com a sua carrocinha, havia de tratar das entregas em mão.

Não havia lancha que arriscasse demandar o porto da Madalena sem ordem de João Quaresma. Todos os dias em cima do cai…

Há quem ataque pela calada da noite...

Esta foi uma das imagens que os membros do Descobrir Portugal mais gostaram e partilharam. Por alguma razão deve ter sido... Quem seremos nós para achar que não têm razão?

Já percebemos! Como vocês não costumam ir à praia à noite, quando aparece uma fotografia (a coberto do escuro) com mar e areia... desatam todos a gostar dela. E, então, se lá estiver a lua... é êxito certo e seguro!

Ninguém no areal nem dentro de água, uma praia toda para o fotógrafo. Aí está uma boa solução para quem não tem pachorra para andar à procura de sítio para estender a toalha: passa a ir a banhos depois do pôr-do-sol.

Apenas com o inconveniente de se tornar um bocadinho difícil o ritual do bronze. E a agravante de nenhuma alma ir acreditar que se andou a veranear lá pelos Algarves:
Assim descorado? tu estiveste foi esparramado na tua varanda. E distraído como és, nem viste que lá não dá sol.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=681774191979969&set=o.124331758934&type=3&theater No caso do Jorge Florêncio, a única coisa que poderá argumentar em sua defesa é que... esteve mesmo na praia, no Algarve, ali para as bandas da Senhora da Rocha.

Não sabemos se chegou a pôr fato de banho, de tão ocupado que estava a jogar às escondidas com a Lua. Aliás, como todos por aqui sabem, não costumamos intrometer-nos na vida privada de ninguém. E muito menos nos interessa saber o que andaria a ele fazer àquela hora na praia.

Se publicamos a fotografia é porque houve uma imensidão de gente a dizer que dela gostava. Do mais, não sabemos nem nos interessa!

• Para ampliar, contemplar
e ficar de água na boca,
clique na imagem.

Umas 200 Mil fotografias, dos membros do Descobrir PORTUGAL à sua espera!
https://www.facebook.com/absolutoportugal/photos_stream?tab=photos

    • Visite!


    • Descubra!


    • Deslumbre-se!


    • Partilhe!

Muita gente está a ler também:

"Carolina": O dueto magistral de Carminho com Chico Buarque

Ana Moura - "Dia de Folga"

Madredeus - Ao longe o mar