Figuras do Presépio invadem Monsaraz!

Imagem
Presépio gigante de rua, com figuras em tamanho real, regressa sexta-feira a Monsaraz.

Pelas 11 da manhã, nas Portas da Vila, o Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz abre a festa com os seus Cantos de Natal.
As Figuras do Presépio tomam conta de Monsaraz. E até aos Reis, a vila medieval é delas!

Delas (de quantos a habitam e gostam!) e dos muitos milhares que vão passar por lá para ver Natal dentro de muralhas com vistas d'Alqueva


Espraia-se pelas ruas da vila até ao Largo do Castelo. Aí ficará o conjunto principal: A Virgem, São José e o Menino Jesus.
As outras figuras (ao todo são 48) distribuem-se pelas ruas da vila.

Em tamanho natural, estruturas de ferro e rede, cobertas por panos de cor crua, pintadas em tons pastel, rosa velho e lilases.
Caras e mãos feitas em cerâmica.

Por lá vão estar os Reis Magos, o pastor, os guardas do castelo, o oleiro, o almocreve, a lavadeira e a fiadeira. E muito mais!
Tudo impermeabilizado e tratado para aguentar a chuva.
À noite, todas as figura…

Ameaça de invasão na Baixa lisboeta. Todos mascarados!

 
De 5 a 8 de Maio, Lisboa vai andar de máscara, dizem os os promotores do Festival Internacional da Máscara Ibérica: a PROGESTUR - Associação para o Desenvolvimento do Turismo Cultural, em parceria com a EGEAC - Empresa de gestão de equipamentos e animação cultural de Lisboa/Câmara Municipal de Lisboa.

Quatro dias de grande diversidade cultural, tropelias e brincadeiras dos caretos e mascarados, com as suas impressionantes, coloridas e criativas vestimentas.

O ponto alto desta iniciativa, apresentada como o maior evento de Turismo Cultural que se realiza em Portugal, será o Grande Desfile Máscara Ibérica (sábado, dia 7) da Praça do Município para o Rossio, a partir das 16h30. Raramente vistos fora dos seus contextos de origem, 30 grupos (de Portugal, Espanha e um de fora da Península Ibérica) vão reviver na rua a tradição pagã dos rituais da máscaras. Mais de 500 participantes no total.


Quatro dias de grande festa, prometem os organizadores. E ameaçam transformar o Rossio numa Mostra das Regiões: Fumeiro, queijo, doces, licores e compotas, peças artesanais de Portugal e Espanha, espalhados por 30 stands.
Bem conhecidas pelos seus caretos,  Miranda do Douro, Macedo de Cavaleiros, Mogadouro, Lamego e Mira apostam forte num evento que conta com o envolvimento activo de Cáceres e integra o espólio gastronómico, vinícola, artesanal e turístico da Serra da Estrela, Nordeste da Beira, Beira Interior Sul Região Centro, etc.
A grande praça de Lisboa vai ser literalmente ocupada pelas mais variadas formas de animação de rua, música e danças tradicionais, artesanato ao vivo e tertúlias sobre instrumentos musicais tradicionais.
Concertos de música folk de raiz tradicional europeia, com elementos de fusão entre o ska, reggae e rock, vão marcar as noites de sexta e sábado e a tarde de domingo. no Palco Ibérico aí instalado (Ver Programa).

https://www.facebook.com/festivaldamascara/photos/?tab=album&album_id=1729830643920096 Para contribuir para a divulgação e a fixação destes usos e costumes, está a decorrer um concurso de fotografias relativas à edição do ano passado. As 30 fotografias seleccionas, obra de profissionais e de amadores, vão estar em exposição no Teatro Taborda. Paralelamente o público terá oportunidade de escolher a sua fotografia favorita de um lote disponível online. Pode espreitá-as aqui e... aproveitar para votar!

Mas esta vai ser também a oportunidade de descobrir máscaras milenares que andam à solta no Inverno transmontano, saem à rua para quebrar a rotina e comemorar a passagem para a Primavera. Poderá contemplá-las no Museu da Marioneta.

Um programa rico e cheio. Os pormenores não cabiam todos aqui, mas bastará seguir as ligações que lhe fomos deixando. E que servem apenas para abrir o apetite. Porque esta é uma Festa de Rua... e é na rua que a vai poder encontrar, desfrutar e celebrar!

O Desfile do ano passado.

Muita gente está a ler também:

Madredeus - "O Pastor"

E quando a dança vai a galope? Fandango!

Mariza • Paixão