Figuras do Presépio invadem Monsaraz!

Imagem
Presépio gigante de rua, com figuras em tamanho real, regressa sexta-feira a Monsaraz.

Pelas 11 da manhã, nas Portas da Vila, o Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz abre a festa com os seus Cantos de Natal.
As Figuras do Presépio tomam conta de Monsaraz. E até aos Reis, a vila medieval é delas!

Delas (de quantos a habitam e gostam!) e dos muitos milhares que vão passar por lá para ver Natal dentro de muralhas com vistas d'Alqueva


Espraia-se pelas ruas da vila até ao Largo do Castelo. Aí ficará o conjunto principal: A Virgem, São José e o Menino Jesus.
As outras figuras (ao todo são 48) distribuem-se pelas ruas da vila.

Em tamanho natural, estruturas de ferro e rede, cobertas por panos de cor crua, pintadas em tons pastel, rosa velho e lilases.
Caras e mãos feitas em cerâmica.

Por lá vão estar os Reis Magos, o pastor, os guardas do castelo, o oleiro, o almocreve, a lavadeira e a fiadeira. E muito mais!
Tudo impermeabilizado e tratado para aguentar a chuva.
À noite, todas as figura…

A favor da Literatura Portuguesa, proposta do Governo Brasileiro posta em causa!

Acesa controvérsia está a provocar a intenção do Ministério da Educação do Brasileiro de eliminar a obrigatoriedade do estudo da literatura portuguesa na nova Base Nacional Curricular do Brasil.
Se fosse para a frente a intenção governamental, autores como Luís de Camões, Gil Vicente, Fernando Pessoa, Eça de Queiroz, Camilo Castelo Branco, Almeida Garrett ou José Saramago estariam postos em causa.
Para denunciar e combater esta intenção, circula na NET um abaixo assinado que é urgente divulgar, apoiar e subscrever, em ambas as margens do Atlântico.

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT80150

A proposta beira o absurdo (...) como se pode apagar Portugal e a Europa de nossas origens? Tirando do mapa? Será que mais uma vez a seleção de conteúdos foi contaminada por um viés político e ideológico anacrónico? (...) perguntaram-se em artigo publicado no jornal Folha de S. Paulo dois professores universitários brasileiros, Flora Bender Garcia e José Ruy Lozano, indignados com a decisão.

Vale a pena ler na totalidade o artigo assinado por João Almeida Moreira, correspondente do Diário de Notícias em São Paulo.
Entre muitos outros elementos cruciais, aí surge referenciada a opinião do jornalista brasileiro Clóvis Rossi considerando que:
  • a questão é exclusivamente linguística, alguns esquerdistas de botequim tentam politizá-la com o argumento de que a língua é um instrumento de dominação. Se fosse, deveríamos voltar a falar tupi-guarani.
A Petição está aí.
Para que você lhe dê força!
Para que assine e faça circular pelos seus amigos do Brasil e de Portugal.
Vamos a Isto!

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT80150

Muita gente está a ler também:

Figuras do Presépio invadem Monsaraz!

Madredeus - "O Pastor"

"Carolina": O dueto magistral de Carminho com Chico Buarque